Capsulotomia posterior por Nd: YAG Laser

Especialistas em capsulotomia posterior por YAG laser

O corpo clínico de oftalmologistas do COI Oftalmologia é especializado em Capsulotomia posterior por Nd: YAG Laser. Contamos com os mais avançados aparelhos para a identificação da doença.

Além da alta tecnologia, também prezamos o bom atendimento, que vai desde a pontualidade até a atenção e cuidado total ao paciente.

O que é capsulotomia posterior por Nd: YAG laser?

Alguns meses ou anos após a cirurgia de catarata, em até 30% dos casos, pode ocorrer uma opacificação da cápsula posterior do cristalino extraído (retirado). Com isso o paciente passa a enxergar pior e embaçado, como se tivesse uma nuvem na frente da visão. Inclusive, alguns pacientes pensam que a catarata voltou e chamam isso de segunda catarata (ou catarata secundária).

A capsulotomia posterior por YAG laser consiste na remoção dessa cápsula posterior do cristalino opacificada (“embaçada”) através de um moderno aparelho.

Quais são as indicações da capsulotomia com Nd: YAG laser?

As indicações são as seguintes:

  • Opacidade de cápsula posterior após a cirurgia de catarata (principal indicação);
  • Síndrome de contração capsular;
  • Síndrome da distensão do saco capsular;
  • Disfototopsia negativa.

Quais são os riscos ou complicações da capsulotomia posterior a laser?

Apesar de muito seguro e previsível, assim como qualquer outro procedimento, existem alguns riscos que não podemos ignorar. A principal complicação desse procedimento consiste no aumento da pressão intra-ocular, geralmente algumas horas após o procedimento.

Outros possíveis riscos e complicações da capsulotomia posterior por YAG laser são:

  • Edema de mácula cistóide (região central e nobre da retina);
  • Marcas, danos ou fissuras na lente intra-ocular;
  • Uveíte;
  • Deslocamento da lente-intra-ocular da cirurgia de catarata;
  • Edema de córnea;
  • Descolamento de retina.

Dúvidas sobre capsulotomia com Nd: YAG laser

O paciente não precisa internar e após o procedimento volta pra casa com um acompanhante. Consiste num procedimento muito simples e seguro, feito ambulatorialmente no próprio consultório do oftalmologista.

Não, pois durante todo o procedimento, o paciente estará anestesiado (gotas de colírio) e não sentirá nenhum tipo de desconforto ou dor.

No pós-operatório, o paciente não sentirá nenhum tipo de dor e fará uso de colírios por cerca de uma semana. O paciente não necessita de repouso pós-operatório, podendo portanto, retornar as suas atividades habituais no mesmo dia. Após cerca de uma semana, retornará para uma revisão oftalmológica final e alta.

Atualmente, com a diminuição do preço da capsulotomia posterior por YAG laser, pacientes de qualquer nível de renda podem se beneficiar desse procedimento, principalmente com a possibilidade do pagamento parcelado em cartão de crédito.

Outro ponto importante a se considerar é que todo o valor da capsulotomia a laser poderá ser reembolsado através da restituição de sua declaração de imposto de renda.