Fotocoagulação a Laser

Oftalmologista em ambulatório com equipamento moderno, realizando procedimento de fotocoagulação a laser em paciente.

Especialistas em Fotocoagulação a Laser

O corpo clínico de oftalmologistas do COI Oftalmologia é especializado em Fotocoagulação a Laser. Contamos com os mais avançados aparelhos para a identificação da doença.

Além da alta tecnologia, também prezamos o bom atendimento, que vai desde a pontualidade até a atenção e cuidado total ao paciente.

O que é a fotocoagulação a laser?

É um procedimento feito no ambulatório (consultório médico) onde são aplicados feixes de laser na retina. O intuito desse procedimento é tratar diversas doenças da retina.

Quais são as indicações desse procedimento?

Esse procedimento serve para tratar algumas doenças vasculares da retina. Exemplos dessas patologias são:

  • Retinopatia diabética;
  • Oclusões vasculares da retina.

A fotocoagulação a laser melhora a visão?

O intuito da fotocoagulação a laser é prevenir maiores danos a retina e consequentemente evitar maiores perdas da visão. Em alguns casos, pode ocorrer melhora pequena visual (parcial) após o tratamento. Porém, esse não é o intuito do procedimento e sim a prevenção da perda visual decorrente das doenças retinianas.

Dúvidas sobre a Fotocoagulação a Laser

Apesar de raros, podem ocorrer alguns efeitos colaterais, como em qualquer tratamento. Segue os principais efeitos colaterais:

  • Turvação visual transitória (embaçamento visual por cerca de 10-15 minutos após o procedimento);
  • Sangramento (caso seja atingido algum vaso sanguíneo);
  • Dificuldade na visão noturna;
  • Diminuição na visão de cores;
  • Defeitos no campo visual (perda de visão em algumas regiões do campo de visão);
  • Dentre outros.

Geralmente não é necessário repouso, na maioria dos casos. No entanto, cada caso é um caso e o paciente deve seguir as recomendações de seu médico assistente.

Em casos de rotura retiniana, por exemplo, pode ser necessário um repouso relativo, já que o laser demora um pouco para cicatrizar e realizar o seu efeito.

Não. É um procedimento não-cirúrgico feito no consultório médico.

Esse procedimento pode causar leve desconforto, porém é muito raro causar dor. É feito com anestesia tópica ocular, por isso a dor é muito incomum de ocorrer.

Cada sessão desse tratamento costuma durar por volta de 10 a 20 minutos.

Sim, podemos encontrar essa modalidade de tratamento em hospitais municipais, estaduais e federais.