Pterígio: qual é o preço da cirurgia e quando fazer?

Médico especialista em cirurgia de pterígio cobra maior preço no procedimento

Ao saber o preço da cirurgia de pterígio os pacientes podem se preparar para realizar o procedimento, mas também é importante compreender como ele funciona e para quem é indicado.

Os problemas oculares atingem pessoas em todo o mundo. Inclusive, devido à pandemia de Covid-19 os brasileiros tiveram uma piora na saúde dos olhos

Um dos problemas oculares mais comuns atualmente é o pterígio, também conhecido como carne esponjosa, que nada mais é que o crescimento de uma massa na conjuntiva que pode se infiltrar na superfície da córnea.

À medida que cresce, normalmente com o formato de “triângulo”, a cabeça do pterígio vai em direção ao centro dos olhos, enquanto o corpo e a base vão em direção ao ponto onde as pálpebras superior e inferior se encontram. 

Pterígio crescendo no olho

O pterígio é perigoso quando cresce sobre a borda da córnea, onde eventualmente pode causar deficiência visual. Com isso, alguns pacientes precisam se submeter a um procedimento cirúrgico. Consequentemente, é comum que existam dúvidas em relação ao preço da cirurgia de pterígio

Dito isso, neste artigo, falaremos sobre qual é a média de valor do procedimento cirúrgico, quando ele é recomendado, como é feito e quais são os cuidados relacionados a ele. 

Continue a leitura e confira! 

Quando fazer cirurgia de pterígio?

A cirurgia de pterígio não é necessária, a menos que o caroço seja irritante apesar do uso de colírio, esteja causando astigmatismo, perda visual ou esteja se aproximando da linha de visão. 

Em muitos casos, os pacientes preferem remover o pterígio para fins estéticos. No entanto, é importante que esteja ciente que o pterígio pode voltar a crescer após a cirurgia.

No pós-operatório os pacientes também experimentam secura e irritação após a remoção do pterígio, mas a lubrificação da superfície e outros medicamentos podem ser usados ​​para ajudar com esse problema.

Quanto tempo dura a cirurgia de pterígio e como funciona?

A cirurgia de pterígio é simples, rápida e de baixo risco. Geralmente, ela varia de 30 a 40 minutos para um olho. 

Se houver um pterígio presente em ambos os olhos, as cirurgias terão algumas semanas de intervalo para permitir que a visão seja restaurada e a cicatrização ocorra. Além disso, diminui os riscos de infecção ou complicação. 

Basicamente, a cirurgia é realizada da seguinte maneira: 

  1. O médico seda o paciente e anestesia o seu olho, evitando desconforto durante a cirurgia. Feito isso, ele limpará a área a ser operada. 
  2. O pterígio será removido com algum tecido conjuntival que esteja associado.  
  3. Depois que for feita a remoção do pterígio, o médico o substituirá por um enxerto de tecido de membrana. Dessa maneira, evita o crescimento recorrente de pterígio. 

Entenda como funciona a cirurgia de pterígio!

Quem pode fazer a cirurgia de pterígio?

A origem do pterígio não é completamente clara e os médicos ainda estão pesquisando a causa exata do surgimento dessa condição ocular. 

Entretanto, estudos mostram que a alta exposição à luz ultravioleta e condições secas aumentam a probabilidade deste problema. Portanto, os pterígios são mais comuns em pacientes em áreas de clima quente e seco.

Além disso, o trauma da exposição ao pólen, poeira, areia, vento, fumaça e outros estímulos ambientais pode aumentar o risco de formação de pterígio. Se os óculos de sol não forem usados ​​nas regiões de clima ensolarado, isso aumenta o risco de desenvolver a doença. 

Pessoas com olhos claros e pigmentação clara da pele também podem ter um risco maior.

Sintomas de pterígio ocular

Os sintomas do pterígio geralmente não são graves, mas podem incluir irritação nos olhos, vermelhidão e visão turva. A maioria dos pacientes se queixa de coceira e queimação. 

Um pterígio cresce lentamente e pode não afetar sua visão, a menos que cresça diretamente sobre o centro da córnea. Além disso, também pode causar intolerância às lentes de contato.

Para saber se você tem ou não um pterígio e se deve realizar uma cirurgia para removê-lo, é preciso procurar um oftalmologista e ouvir o que ele tem a dizer. 

Quanto custa uma cirurgia de pterígio?

O preço da cirurgia de pterígio, assim como outros tipos de procedimentos cirúrgicos, pode variar muito de acordo com alguns fatores. 

Na cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, o valor da cirurgia pode custar, em média, R$2.000. No entanto, o custo final do procedimento dependerá da técnica a ser realizada, a experiência do profissional, a clínica escolhida, a localização e assim por diante. 

Além disso, também existem os custos da equipe médica incluindo o anestesista , bem como o material que será utilizado durante o procedimento cirúrgico. 

Tudo isso influencia nos custos finais da cirurgia de pterígio. Portanto, é importante que você faça pesquisas e escolha uma clínica confiável e que ofereça o procedimento conforme seu orçamento permite.

É possível fazer a cirurgia de pterígio pelo SUS? 

Sim, é possível fazer cirurgia de pterígio pelo SUS. Basta que você peça para que o clínico geral te encaminhe para um oftalmologista para que avalie se é necessário realizar a cirurgia. 

No entanto, a cirurgia de pterígio gratuita pode demorar para ser realizada. Tenha em mente que você precisará entrar em uma fila de espera, até que surja uma vaga. Ou seja, é necessário aguardar um tempo não determinado até que chegue a sua vez de realizar a cirurgia. 

Portanto, se você precisa realizar a cirurgia de pterígio e tem condições de fazer isso de forma particular, é recomendável considerar essa opção. 

Cuidados necessários com a cirurgia de pterígio

Pode ser que você esteja se perguntando se a cirurgia de pterígio é perigosa. A grande questão é que o maior risco do procedimento cirúrgico é a chance de o problema retornar, especialmente quando o paciente se submete à cirurgia quando ainda é muito jovem. 

Essa informação é muito importante para qualquer pessoa que realizará a cirurgia de pterígio. Entretanto, existem outras questões que também merecem a sua atenção. 

Pré-operatório

Para realizar a cirurgia de pterígio é importante que o paciente faça jejum de oito horas antes de se submeter ao procedimento. 

Também é recomendável que ele não ingira medicamentos para diabetes durante o período de jejum e também não tome remédio como aspirina ou AAS antes da cirurgia. 

O médico poderá fazer outras recomendações e o paciente deve seguir todas elas para que o procedimento seja realizado da melhor forma possível. 

Pós-operatório e recuperação

A cirurgia de pterígio é indolor. Porém, o seu pós-operatório imediato costuma ser um pouco dolorido e provocar certo desconforto. 

Ao finalizar a cirurgia, o médico colocará um tapa-olho visando promover conforto ao paciente, bem como proteger a área de possíveis infecções. 

O seu médico também irá orientá-lo sobre quais cuidados deve tomar, e isso inclui a limpeza do olho, além do uso de antibióticos.

Em relação ao tempo de recuperação, pode ser que leve algumas semanas ou até meses para que o olho fique totalmente cicatrizado.  Porém, isso também costuma depender do tipo de técnica que o médico utilizou na cirurgia. 

Agora que você sabe quanto custa uma cirurgia de pterígio em 2022, está na hora de procurar por um profissional para realizá-la, caso seja necessário se submeter ao procedimento. 

A COI é uma Clínica Oftalmológica no Rio de Janeiro, que conta com uma equipe especializada, pronta para oferecer os serviços necessários para manter a saúde dos seus olhos. 

Para saber mais sobre os nossos serviços, clique aqui e agende a sua consulta com um de nossos profissionais! 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Ricardo Filippo

Ricardo Filippo

Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área, clique aqui.

Comentários