O que é Cirurgia Refrativa a Laser e como é feita?

Saiba tudo sobre a cirurgia refrativa a laser

Para pessoas que sofrem com miopia e astigmatismo, é muito importante entender o que é cirurgia refrativa a laser e se elas podem realizar esse tipo de procedimento cirúrgico com segurança. 

Muitas pessoas sofrem de problemas visuais, e entre os mais comuns estão a miopia e o astigmatismo

Embora seja possível o ajuste através de óculos e lentes de contato, eles muitas vezes causam desconforto e, dependendo do caso, não dão uma qualidade perfeita à visão, como a cirurgia.

Por essas razões, cada vez mais pessoas buscam uma maneira definitiva de resolver esse problema, e a melhor maneira de conseguir isso é através da cirurgia refrativa laser

Embora sejam cada vez mais populares, a grande maioria das pessoas não sabem o que é cirurgia refrativa a laser, e muitas informações erradas são repassadas pela internet. 

Para acabar com as dúvidas e entender de uma vez por todas o que é e como funciona esse procedimento cirúrgico, continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

O que são erros refrativos?

O olho humano possui, dentre muitas estruturas, duas lentes naturais, a córnea e o cristalino. É através delas que os raios luminosos passam para serem projetados na retina de modo que a imagem seja transmitida ao cérebro e, então, formada.

Quando essas lentes possuem alguma inadequação de grau, perdem a nitidez e resolução na imagem, no que é chamado de erro de refração ou alteração refracional. Os três tipos existem são: 

  • Miopia;
  • Hipermetropia;
  • Astigmatismo.

Em outras palavras, quando uma pessoa apresenta alguma das condições citadas acima, quer dizer que ela tem um erro refrativo. 

O que é cirurgia refrativa laser e para quem é indicada? 

A cirurgia refrativa laser é uma opção incrível na oftalmologia para tratamento dos erros de refração. É uma alternativa para as pessoas com miopia, hipermetropia ou astigmatismo que não desejam mais usar óculos ou lentes de contato e anseiam por mais qualidade de visão e, consequentemente, de vida.

Embora sejam opcionais, são procedimentos extremamente funcionais e que trazem muitos benefícios. 

Os tipos de erros refrativos que são tratados com a cirurgia são: 

  • Miopia: pessoas que têm dificuldade de focar objetos longe, por terem o olho mais longo.
  • Astigmatismo: o astigmatismo é um problema do eixo da visão.
  • Hipermetropia: pessoas que têm dificuldade em enxergar de perto, por terem olhos menores.

Mas para realizar a cirurgia refrativa, não basta possuir um dos erros de refração mencionados acima. São necessários alguns critérios para realizar o procedimento com segurança. São eles:

  • A idade do paciente deve ser superior a 18 anos;
  • Ele não deve apresentar doenças oculares ou sistêmicas;
  • A paciente não pode estar grávida;
  • O uso das lentes de contato deve ser interrompido com antecedência.

É preciso que o paciente seja aprovado nos exames pré-operatórios. É também durante essa etapa que são tiradas as dúvidas e passadas as orientações, além de ser o momento em que o médico verificará se o paciente é ou não considerado apto para realizar a cirurgia refrativa a laser.

Como esse procedimento é realizado?

A melhor maneira de entender o que é cirurgia refrativa a laser é descobrindo como ela é realizada. Essa cirurgia faz uma moldagem da córnea que está afetada, ajustando o grau e melhorando a capacidade do paciente enxergar. 

A movimentação do olho é analisada durante todo o processo por um sistema que assegura que o laser será aplicado no local correto, mesmo quando o olho se locomover — o que proporciona resultados excelentes e torna a cirurgia mais segura.

Existem 2 tipos de cirurgias refrativas que são mais comumente realizadas nas clínicas de oftalmologia, que são a LASIK e a PRK, sendo que também pode ser realizada a cirurgia personalizada utilizando qualquer um dos dois métodos.

LASIK

A técnica LASIK é a mais utilizada para cirurgias refrativas em todo o país. Ela consiste na realização de um pequeno corte na córnea em formato de disco, que pode ser levantada como uma escama, para a aplicação do laser na parte central da córnea. O laser então corrige a córnea, melhorando a qualidade da visão do paciente.

Essa técnica é caracterizada por sua rápida recuperação visual e por causar pouco desconforto no pós-operatório. O procedimento cirúrgico para cada olho demora em média de 8 a 10 minutos

​PRK

A PRK é uma técnica da cirurgia refrativa a laser, realizada há mais de 20 anos com alta taxa de sucesso. Neste procedimento é realizada a retirada de uma camada superficial da córnea para a aplicação do laser no interior. 

O laser moldará a córnea para reduzir suas falhas e depois, no final da cirurgia, é aplicada uma lente de contato terapêutica. O procedimento cirúrgico costuma durar cerca de 5 minutos em cada olho. 

A grande vantagem da PRK é que ela conta com um altíssimo nível de segurança para pacientes que apresentam córneas mais finas ou com muitas alterações em sua curvatura. A sua única desvantagem é o desconforto que ocorre nos primeiros dias após o procedimento.

Quer saber quais são as diferenças entre as diferentes técnicas de Cirurgias Refrativas a Laser (PRK, LASIK e SMILE)? Inscreva-se no nosso canal do YouTube e confira o nosso vídeo onde falamos exatamente sobre esse assunto. 

Como é a cirurgia refrativa personalizada?

Esse é um novo modelo de cirurgia refrativa, que pode ser realizada no LASIK ou no PRK. A diferença dessa cirurgia para as demais é que ela tira algumas das imperfeições que estiverem presentes na superfície do olho.

Essas imperfeições, que também são chamadas de aberrações, já foram correlacionadas a alguns sintomas pós-operatórios como ofuscamentos e visão embaçada que costumam ocorrer principalmente durante o período da noite.

Para que essas aberrações sejam detectadas, é realizado um exame chamado de aberrometria, que analisa as irregularidades da córnea de cada paciente, fazendo com que cada cirurgia seja diferente uma da outra. Por isso é chamada de cirurgia refrativa customizada — ou personalizada. 

Independentemente da cirurgia refrativa a laser que será escolhida, no geral, esse é um procedimento muito simples e rápido de ser realizado. A anestesia é aplicada em forma de colírio e todo o tempo de cirurgia dura, em média, 5 minutos por olho — um total de 10 a 15 minutos no caso de procedimentos realizados em ambos os olhos.

Não é necessária a realização de internação antes ou após a cirurgia, e o paciente pode ir para a casa imediatamente ao final do procedimento.

Existe algum risco ou dor na realização dessas cirurgias?

Geralmente, quem tem interesse em saber o que é cirurgia refrativa a laser, também tem dúvidas se o procedimento possui riscos e se ele é indolor. 

Como as técnicas de cirurgia a laser são realizadas com anestésicos aplicados em forma de colírio, o risco de sentir dor durante o procedimento é praticamente zerado, o que traz enorme conforto ao paciente.

Quando a pessoa que opta por realizar esta cirurgia não apresenta nenhum problema de saúde ou limitação que proíba a aplicação dessas técnicas, ela está praticamente livre de qualquer risco durante ou após a cirurgia.

Os percentuais de cirurgias realizadas com sucesso —  em que a cirurgia é definitiva —  são altos e a maioria dos pacientes consegue ficar livre da dependência do uso de óculos

No entanto, assim como qualquer outro tipo de procedimento cirúrgico, a cirurgia refrativa a laser também tem seus riscos. Alguns dos riscos mais comuns relatados por pacientes são: 

  • Olho seco;
  • Infecção;
  • Dor durante a recuperação;
  • Descolamento do flap;
  • Dificuldade visual. 

Por esse motivo, é sempre muito importante procurar um profissional confiável para que ele possa entender a sua necessidade e indicar a melhor técnica de cirurgia, caso você realmente possa realizar o procedimento. 

Saiba mais sobre a recuperação e pós-operatório da cirurgia refrativa no tópico a seguir. 

Cuidados no pré e pós-operatório da cirurgia refrativa 

Agora que você já sabe o que é cirurgia refrativa a laser, também é fundamental que compreenda como funciona o pré e o pós-operatório do procedimento cirúrgico.

Pré-operatório da cirurgia refrativa 

Uma semana antes de realizar a cirurgia, é importante que o paciente comece a fazer a limpeza dos cílios com shampoo neutro. Também é indicado que ele suspenda o uso das lentes de contato. 

Já no dia anterior ao procedimento cirúrgico, é necessário evitar o uso de cremes e maquiagem. Além disso, é importante fazer a limpeza dos olhos para evitar possíveis infecções. O paciente não precisa fazer jejum, no entanto, não deve ingerir bebidas alcoólicas.  

Pós-operatório e recuperação da cirurgia refrativa

Após a cirurgia refrativa, é comum sentir um incômodo, assim como em qualquer outro procedimento cirúrgico. É comum que na primeira semana sejam sentidos desconfortos, principalmente quando a técnica escolhida é a PRK. Já na cirurgia refrativa LASIK, o desconforto é mínimo.

Geralmente, leva de 5 a 7 dias para que os pacientes voltem a ter uma visão mais estável e confortável. Porém, a recuperação total pode demorar até 3 meses. 

Para que a recuperação seja realizada rapidamente, é essencial utilizar os medicamentos prescritos por um médico sempre nos horários certos. A recuperação é muito rápida, sendo que os períodos de retorno às atividades são menores do que muita gente imagina. Veja alguns exemplos:

  • 1 dia: quando a técnica é a LASIK, é possível voltar a dirigir cerca de 24 horas após o procedimento, porém apenas após uma avaliação pós-operatória para assegurar que já é possível fazê-lo com segurança;
  • 1 semana: nesse período são liberadas atividades que não envolvam contato físico ou exposição ao cloro;
  • 4 semanas: a pessoa já pode voltar a praticar esportes que exijam contato físico com pessoas e objetos;
  • 4 semanas: a pessoa já pode frequentar a praia, piscina, cachoeiras, lagos, lagoas e rios.

Vale lembrar, que é importante estar atento a infecções e irritações que, apesar de serem bastante raras, podem acontecer caso o acompanhamento pós-operatório não seja feito adequadamente. Uma das formas de ficar com infecção é entrando em rios ou no mar, portanto, quando fizer a cirurgia refrativa, fique longe dos dois.

Após conferir todas essas informações fica fácil perceber que não é preciso ter medo de realizar uma cirurgia a laser nos olhos, já que as técnicas hoje são realizadas com tecnologias avançadas e materiais de qualidade.

Quanto custa uma cirurgia refrativa a laser?

Assim como qualquer outro tipo de procedimento cirúrgico, o custo da cirurgia refrativa a laser  ou preço de cirurgia miopia  varia muito de acordo com alguns fatores, como: 

  • Experiência do médico;
  • Técnica utilizada;
  • Localização;
  • Exames necessários;
  • Clínica e assim por diante. 

No entanto, se você mora na cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, o preço da cirurgia refrativa (em média) varia entre R$2.500 e R$4.000 cada olho. Vale destacar que a técnica LASIK é mais cara que a PRK, já que o procedimento conta com mais etapas. 

Porém, não importa qual tipo de técnica você realize, é fundamental procurar por uma clínica especializada para que a sua cirurgia refrativa a laser seja realizada de forma segura. 

Se ainda tem alguma dúvida sobre o assunto e quer falar com um profissional para entender se pode realizar o procedimento, entre em contato com a COI. 

Somos uma Clínica Oftalmológica no Rio de Janeiro reconhecida por oferecer atendimento de alta qualidade para os pacientes, sempre respeitando as suas necessidades.  

Clique aqui e agende a sua consulta na COI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Ricardo Filippo

Ricardo Filippo

Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área, clique aqui.

Comentários