Qual é o preço de exame para mapeamento de retina 2022?

Médico realiza exame de mapeamento de retina em uma mulher

Antes de saber qual é o preço de mapeamento de retina é importante compreender como funciona esse tipo de exame que pode identificar diferentes complicações oculares. 

Os problemas de visão atingem milhares de pessoas em todo o mundo e, devido à pandemia de Covid-19, a quantidade de casos se tornou ainda maior. 

O aumento da exposição às telas por passar mais tempo em casa , fez com que mais pessoas precisassem manter-se atentas para evitar possíveis problemas nos olhos. Com isso, a procura por oftalmologista e realização do exame de mapeamento de retina se tornou mais importante do que nunca.

A grande questão é que muitas pessoas possuem dúvidas sobre esse tipo de procedimento, especialmente quando se trata do preço de mapeamento de retina

Vale dizer que esse exame é comumente recomendado por oftalmologistas, já que pode detectar possíveis alterações na retina antes mesmo dos pacientes sentirem qualquer tipo de sintoma. 

Se você deseja saber qual é o preço do exame de mapeamento de retina, bem como ele é realizado, continue a leitura e descubra! 

O que é mapeamento de retina?

Basicamente, o exame avalia a retina (parte interna do olho). Como já citado anteriormente, o exame tem como objetivo identificar possíveis alterações na retina, mesmo que o paciente não apresente sintomas. 

Esse é um procedimento muito rápido, porém muito importante para acompanhar a saúde dos olhos. Inclusive, todas as pessoas deveriam realizar o exame pelo menos uma vez na vida. 

Entretanto, é comum que algumas pessoas precisem realizar o mapeamento de retina frequentemente, já que possuem algumas condições como hipertensão arterial e diabetes, bem como pacientes que possuem um alto grau de miopia. 

Como o mapeamento de retina é realizado?

Para que o mapeamento da retina seja realizado é necessário que a pupila do olho do paciente seja dilatada com colírio. 

O exame é realizado com um oftalmoscópio indireto, que é um aparelho parecido com um capacete. O médico coloca o equipamento na cabeça e analisa a retina do paciente com uma luz forte e uma lente especial. 

Durante o exame, o paciente é orientado pelo médico para que olhe em diferentes direções, para que assim seja possível analisar todo o olho. 

É importante deixar claro que, algumas vezes, o exame é realizado sem dilatar a pupila. Nesses casos, o médico utiliza um oftalmoscópio direto, que é um aparelho que permite que ele chegue bem próximo do paciente. 

Quando é feito dessa maneira, o exame só consegue ver o nervo óptico, bem como a parte central da retina. Em ambas situações, o exame deve ser realizado sob a indicação de um médico oftalmologista.

O mapeamento de retina é um exame simples e rápido costuma durar cerca de 5 minutos para ser realizado. No entanto, quando existe a necessidade da pupila ser dilatada, é recomendado que o paciente esteja na clínica pelo menos 40 minutos antes de realizar o exame. 

Para que serve o exame de mapeamento de retina?

Um exame de retina pode ajudar seu oftalmologista a diagnosticar várias condições oculares que podem afetar significativamente sua visão. Algumas dessas condições são difíceis de diagnosticar sem uma análise detalhada das estruturas do olho. 

No entanto, aqui estão algumas das principais condições que seu médico pode diagnosticar com um exame de retina: 

Retinopatia diabética 

A diabetes pode ser difícil de controlar e seus níveis de açúcar no sangue podem afetar sua visão. Os vasos sanguíneos em seus olhos podem ser danificados, levando à retinopatia diabética. Esta doença tem duas formas: 

  • Retinopatia diabética não proliferativa: esta fase ocorre quando os vasos sanguíneos da retina estão enfraquecidos, levando a microaneurismas; essas protuberâncias podem causar vazamento de fluido na retina.
  • Retinopatia diabética proliferativa: este é o estágio avançado desta condição onde há diminuição da circulação para o tecido da retina, causando o desenvolvimento de novos vasos sanguíneos frágeis. Esses vasos podem quebrar e vazar sangue para o olho ou causar perda súbita de visão.

Glaucoma

O glaucoma é um grupo progressivo de doenças que podem danificar o nervo óptico. Embora possa atingir pessoas com qualquer idade, essa condição é comum em adultos, a partir dos 40 anos. 

A condição pode levar à perda permanente e grave da visão se não for tratado precocemente. Infelizmente, esta doença pode se desenvolver com pouco ou nenhum sintoma até que sua visão seja afetada. 

Um sinal comum de glaucoma é um aumento na pressão ocular, mas esse não é o caso de todas as formas desta doença. 

Alguns tipos comuns de glaucoma incluem: 

  • Glaucoma de ângulo aberto;
  • Glaucoma de ângulo fechado;
  • Glaucoma de pressão normal.

O glaucoma geralmente progride lentamente, mas condições como o glaucoma de ângulo fechado são uma emergência médica que requer cuidados imediatos. Exames oftalmológicos regulares são cruciais para ajudar a detectar o glaucoma antes que ele afete sua visão. 

Um exame de retina pode ajudar seu oftalmologista a detectar essas doenças antes que elas possam afetar negativamente sua saúde ocular. 

Vale dizer que o mapeamento de retina também pode identificar diversas outras doenças, incluindo: 

  • Tumor;
  • Inflamações;
  • Doenças renais;
  • Deslocamento da retina. 

Quanto custa um exame de mapeamento de retina? 

Agora que você já sabe o que é e para que serve o exame, está na hora de saber qual é o seu preço. A realidade é que, assim como qualquer outro tipo de procedimento médico, o preço de mapeamento de retina pode variar muito. 

O custo vai depender do oftalmologista, da clínica, da localização e assim por diante. Por exemplo, o preço de mapeamento de retina no Rio de Janeiro é de R$150, em média.

Mas, será que é possível realizar o mapeamento de retina pelo SUS? 

Sim, é possível fazer o exame pelo SUS (Sistema Único de Saúde), de forma gratuita. Porém, é importante deixar claro que existe uma fila de espera para os pacientes.  

Portanto, caso precise realizar o exame o quanto antes, e caso possa pagar para realizá-lo, uma boa opção é buscar por mapeamento de retina a preço popular. O mais importante é que você tenha certifique-se de que passará com um bom médico e realizará o exame em um local com uma ótima infraestrutura. 

Onde fazer mapeamento de retina?

Como citamos acima, você pode realizar o mapeamento de retina tanto pelo SUS quanto de forma particular, inclusive, em clínicas que oferecem o exame com preços mais acessíveis. 

No entanto, se você está com dúvidas sobre onde fazer o mapeamento de retina, é muito importante que procure por uma clínica profissional para realizar o procedimento. 

Tenha em mente que estamos falando sobre a saúde dos seus olhos. Portanto, realizar o exame de forma não profissional e segura pode não somente não identificar doenças como também pode prejudicar sua visão. 

Agora que você já esclareceu a sua dúvida sobre o preço de mapeamento de retina em 2022, está na hora de procurar pela ajuda de um profissional confiável. 

A COI é uma clínica oftalmológica que conta com uma equipe formada por médicos confiáveis, com amplo conhecimento para realizar o exame de mapeamento de retina.  

Quer saber mais sobre os nossos serviços? Clique aqui e agende uma consulta com um de nossos especialistas! 

 

Dr. Ricardo Filippo

Dr. Ricardo Filippo

Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área, clique aqui.

Comentários