Como tirar cisco do olho: cuidados necessários

Mulher com camiseta cinza e calça jeans esfrega os olhos para tirar cisco do olho

Algumas pessoas não tem esse conhecimento, mas saber como tirar cisco do olho é algo muito importante e que pode evitar complicações na visão. 

Quando algo pequeno, como um cílio ou um pouco de poeira, entra ou fica preso no olho, pode provocar uma sensação horrível. Neste momento, vem o seguinte questionamento: como tirar cisco do olho de forma segura? 

Se esse objeto estranho for algo um pouco maior, como um grão de areia, por exemplo, o desconforto e a sensação de cisco no olho se tornam muito maiores. Inclusive, você pode sentir que o olho está inchado

O olho é um órgão muito sensível. Logo, é normal que instintivamente você queira remover rapidamente o que tenha caído nele. Contudo, você precisa fazer isso de forma segura. 

A primeira coisa que você pode fazer é piscar algumas vezes para ver se o cisco sai por conta própria. Com a irritação provocada, seus olhos poderão lacrimejar, o que ajudará a remover o cisco.

No entanto, se fazer isso não resolver o problema, neste artigo, falaremos sobre outras dicas que poderão te ajudar. Confira! 

Dicas sobre como tirar cisco do olho – passo a passo

Para que você saiba como tirar coisas do olho de forma segura, criamos um passo a passo para que evite o máximo possível ter alguma complicação na visão. Aqui estão nossas dicas.

1. Lave as mãos com água e sabão para tirar o cisco do olho

A primeira coisa que você deve fazer — e na maioria das vezes é ignorada pelas pessoas — é lavar muito bem as mãos. 

Nossas mãos passam o dia inteiro tocando superfícies e, com isso, podem ter contato com bactérias, vírus, produtos químicos, etc. 

Portanto, não somente no momento de tirar cisco do olho, antes de colocar as mãos nos olhos é muito importante higienizá-la primeiro. 

2. Não esfregue seu olho

Ao cair um cisco no olho, é comum que a primeira coisa que a gente pense em fazer é esfregá-lo para que a irritação pare. No entanto, embora seja tentador, não faça isso. 

Caso utilize lentes de contato, remova-as com muito cuidado. O ato de esfregar o olho pode causar ainda mais irritação ou fazer com que o cisco fique mais profundo no seu olho. 

3. Lave seu olho

Por fim, você pode lavar o olho com um pouco de soro fisiológico ou colírio. Faça isso com o auxílio de um copo. 

Basta colocar o líquido dentro do copo, apoiá-lo abaixo do olho e, depois, inclinar a cabeça para trás para que a solução seja despejada. Se preferir, também pode aplicar a solução no olho diretamente da sua embalagem. 

Caso tenha dúvidas sobre qual solução utilizar, saiba que os colírios são a melhor opção. Mas, se você não tiver um à mão, também pode utilizar água filtrada pura. 

Inclusive, quando o assunto é o uso de colírios, é importante falar com seu oftalmologista sobre qual é a melhor opção para você usar, até mesmo no dia a dia, quando estiver com o olho seco.

Cuidados necessários 

O passo a passo citado no tópico anterior pode te ajudar a remover o cisco do olho. Porém, é importante que você também tenha conhecimento sobre alguns cuidados necessários quando passa por essa situação. 

O que fazer quando cai cisco no olho do bebê

Se você tem dúvida sobre como tirar cisco do olho de bebê, é importante que saiba que o cuidado para fazer isso deve ser redobrado. Afinal de contas, ele pode ficar muito agitado devido a irritação que está sentindo.

A melhor forma de tirar cisco do olho de bebê é com uma gaze umedecida com água ou com soro fisiológico. Faça movimentos delicados sobre a pálpebra fechada. 

Se mesmo assim o cisco não sair — se você perceber que o bebê ainda está irritado —, procure o mais rápido possível um médico oftalmologista. 

Apenas tente remover coisas pequenas 

Se a coisa em seu olho for cílios, sujeira, areia, um pouco de maquiagem ou uma fibra, você pode seguir com o passo a passo que citamos e existem mais algumas dicas importantes: 

  • Se o cisco estiver preso na pálpebra superior, puxe-a para baixo sobre a pálpebra inferior e solte. Quando sua pálpebra superior desliza para trás, ele pode sair.
  • Se o cisco estiver na pálpebra inferior, puxe a pálpebra para fora e pressione a pele por baixo para que você possa ver a parte rosa do interior da pálpebra. 
  • Se você conseguir ver o cisco, tente retirá-lo com uma bola de algodão úmida, tomando cuidado para não tocar no globo ocular. Você também pode passar um fluxo suave de água sobre o interior da pálpebra.

Caso tenha caído algo grande ou químico no seu olho, é necessário procurar imediatamente um médico. 

Quando é hora de buscar ajuda médica? 

Seus olhos são sensíveis e delicados. Portanto, obtenha atendimento médico imediatamente se:

  • Cair algum produto químicos agressivos em seus olhos;
  • Algo perfurou seu olho. Se estiver preso no olho, não tente removê-lo;
  • Você não consegue tirar as partículas de sujeira ou areia do olho;
  • Ainda parece que o cisto permanece em seu olho mesmo depois de tentar tirá-lo, mas você não consegue vê-lo;
  • Seu olho está sangrando;
  • Você está sentindo dor no olho;
  • Sua visão está diferente;
  • Você não consegue fechar o olho;
  • O olho está com pus;
  • O olho não parece melhorar, ou você sente que a sensação de cisco no olho está pior, mesmo que já o tenha retirado. 

Mas, afinal de contas, como o oftalmologista tira cisco do olho de forma segura

Os oftalmologistas utilizam instrumentos especializados para remover objetos estranhos dos olhos com segurança. 

Seu médico pode tentar tirar o objeto do olho lavando-o ou pode usar agulhas ou outros instrumentos. Se o objeto perfurou seu globo ocular e está preso dentro do olho, você pode fazer um raio-X especial ou ultrassom para ver exatamente onde ele está.

O médico pode receitar pomada antibiótica para colocar no olho e prevenir uma possível infecção. Se houver um arranhão no olho depois que o objeto for removido, talvez seja necessário usar um tapa-olho enquanto ele melhora.

Como evitar que caia um objeto estranho no olho

A realidade é que não tem uma forma efetiva de prevenir ou evitar que objetos estranhos caiam no olho. No entanto, existem algumas dicas que podem ajudar quando se trata de proteger os olhos no dia a dia.

Algumas atividades relacionadas a trabalho ou lazer são mais propensas a fazer com que objetos estranhos parem no olho. Para evitar que isso aconteça, sempre use óculos de proteção quando:

  • Utilizar serras, martelos ou ferramentas elétricas;
  • Tiver contato com produtos químicos perigosos ou tóxicos;
  • Utilizar cortador de grama. 

Essas são as melhores formas de proteger seus olhos. Claro, algumas vezes você não terá nenhum controle sobre isso. Por exemplo, quando cai um cílio no olho. 

Portanto, a melhor solução é saber como tirar cisco do olho de forma segura e sempre procurar por um oftalmologista quando achar necessário. 

Cuide da saúde dos olhos com um oftalmologista

Embora existam alguns cuidados que você possa tomar para evitar que um objeto estranho caia em seus olhos, a grande verdade é que não existe uma maneira totalmente eficaz de evitar que um cisco caia no olho.

E, quando isso acontecer, você sentirá a sensação de algo está no seu olho, além de: irritação, sensação de queimação, piscar excessivo, vermelhidão e incômodo geral. 

Neste artigo, você conferiu algumas dicas importantes sobre como tirar cisco do olho e esperamos que elas te ajudem. 

No entanto, lembre-se de que elas são apenas para situações onde o corpo desconhecido é pequeno, como grão de areia, cílio, etc. Caso algo maior caia ou bata no seu olho, é fundamental procurar imediatamente um médico. 

Se você estiver em busca de Clínica Oftalmológica no Rio de Janeiro, pode contar com a COI! Entre em contato e agende uma consulta com um de nossos especialistas! 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Ricardo Filippo

Ricardo Filippo

Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área, clique aqui.

Comentários