Qual é o preço de blefaroplastia em 2022?

Pálpebra com olhos azuis que precisam de cirurgia de blefaropastia

Além de saber qual é o preço de blefaroplastia, é importante compreender como a cirurgia é realizada e para quem é indicada. 

Pálpebras superiores caídas e flácidas e bolsas sob os olhos fazem parte do processo natural de envelhecimento. Em outras palavras, é algo que todas as pessoas podem ter em um determinado período da vida. 

No entanto, embora seja algo natural, pode afetar de forma negativa a autoconfiança de muitas pessoas. Afinal, é comum que exista a preocupação em relação a aparência dos olhos. Com isso, cada vez mais existem pessoas interessadas em saber qual o preço de blefaroplastia, como o procedimento cirúrgico funciona e assim por diante. 

A cirurgia de blefaroplastia, também conhecida como cirurgia de pálpebras, é comum nos dias atuais. Inclusive, existem diversos famosos que fizeram blefaroplastia

Entretanto, vale dizer que essa cirurgia não é realizada apenas com objetivo estético, ela também é feita em pessoas que possuem dificuldade de realizar atividades diárias devido ao alto nível de flacidez da pele das pálpebras. 

Dito isso, se você tem interesse não somente em saber o preço de blefaroplastia em 2022, mas também outras informações importantes sobre essa cirurgia, continue a leitura! 

Como funciona a cirurgia de blefaroplastia? 

Antes de falarmos sobre o preço da cirurgia de pálpebras, precisamos falar sobre como ela funciona. 

A blefaroplastia geralmente é vista como um procedimento estético, realizado para melhorar a aparência dos olhos. Com a idade, a pele das pálpebras se estica, os músculos enfraquecem e a gordura sob os olhos se torna mais proeminente. 

O resultado pode ser olhos com aparência de cansados ​​ou mais velhos. A blefaroplastia superior remove o excesso de pele da pálpebra para dar ao seu rosto uma aparência mais descansada. Já a blefaroplastia da pálpebra inferior pode ser feita para remover bolsas sob os olhos. 

O objetivo da cirurgia plástica das pálpebras não é mudar drasticamente sua aparência. Na verdade, é para fazer os olhos parecerem mais descansados ​​e jovens.

Leia também: Plástica ocular: o que é e como funciona

Blefaroplastia por questão de saúde dos olhos

Quando os músculos enfraquecidos da pálpebra superior fazem com que as pálpebras caídas “bloqueiem” a visão periférica, as tarefas diárias, como ler ou dirigir, podem ser difíceis. 

Algumas pessoas desenvolvem uma dor persistente na testa por usarem constantemente os músculos superiores para levantar as pálpebras. Nesses casos, a blefaroplastia da pálpebra superior com correção de ptose (cirurgia para elevar a altura da pálpebra) pode ser indicada.

Tipos de blefaroplastia

Como já citamos, a blefaroplastia pode ser inferior ou superior. No entanto, existem três tipos de blefaroplastia. O caminho certo para você depende de suas necessidades individuais. 

Esses procedimentos geralmente são feitos sob anestesia local ou sedação mínima em um ambiente de cirurgia ambulatorial. A cirurgia de pálpebra superior e inferior, feita com laser, leva cerca de 90 minutos no total.

Entenda melhor como cada tipo de blefaroplastia funciona: 

  • A blefaroplastia superior é realizada com o objetivo de remover o excesso de pele e gordura da pálpebra superior. Assim, promove uma aparência mais jovem ao paciente. 
  • A blefaroplastia inferior remove as bolsas de gordura sob os olhos para diminuir as bolsas sob os olhos. 
  • A blefaroplastia superior e inferior combina as duas cirurgias. Se necessário, elas podem ser executadas ao mesmo tempo.

Quanto custa uma cirurgia de blefaroplastia

Mas, afinal de contas, quanto custa uma cirurgia de pálpebra? Qual o preço de blefaroplastia superior e qual é o preço de blefaroplastia inferior? 

Assim como qualquer outro tipo de cirurgia especialmente se for realizada por questão de estética , a cirurgia de blefaroplastia depende de diferentes fatores, como:

  • Experiência do cirurgião;
  • Necessidade do paciente;
  • Localização;
  • Tipo de blefaroplastia;
  • Anestesia;
  • Clínica e assim por diante. 

Um dos fatores que mais costumam afetar o preço da blefaroplastia é a localização. Por exemplo, na cidade do Rio de Janeiro, a cirurgia custa em média R$5.000. Porém, tenha em mente que todos os itens citados acima, e outras questões, também podem mudar bastante o valor final. 

Por esse motivo, a melhor forma de saber o real valor que você precisará pagar para realizar a cirurgia é falando com um especialista. Em uma consulta inicial você poderá falar qual é a sua necessidade e qual é a sua expectativa com relação ao procedimento cirúrgico.

A cirurgia pode ser feita pelo SUS? 

Sim, a cirurgia de blefaroplastia pode ser feita pelo SUS, mas somente em caso de necessidade fisiológica. Ou seja, não é possível fazê-la por questão de estética pelo Sistema Único de Saúde. 

Para realizar a cirurgia pelo SUS, o paciente deverá receber o diagnóstico de um oftalmologista. Somente depois que isso for feito ele poderá entrar na lista de espera para ser chamado para a cirurgia. 

Cuidados necessários com a cirurgia de blefaroplastia

Cirurgias nos olhos podem ser assustadoras. Afinal, estamos falando de uma parte sensível do corpo, e isso pode gerar um certo desconforto quando se trata de realizar um procedimento na região. 

No entanto, como já citamos no início do artigo, a cirurgia de blefaroplastia vem se tornando cada vez mais comum, especialmente quando se trata de questões estéticas. 

Além do preço de blefaroplastia, aqui estão mais algumas informações importantes que você precisa saber sobre a cirurgia.

Pré-operatório 

O pré-operatório da blefaroplastia basicamente inclui realizar todos os exames que forem exigidos pelo médico e seguir todas as orientações que ele passar. 

Tenha em mente que cada paciente tem as suas particulares e necessidades. Portanto, caso tenha qualquer tipo de anormalidade física ou psicológica, fale com o seu médico logo na primeira consulta sobre a cirurgia. Caso tome alguma medicação, também avise o cirurgião.

Pós-operatório e recuperação 

Normalmente, a recuperação da blefaroplastia é tranquila, e não existe muita dor ou necessidade do paciente utilizar um tampão. Depois que a cirurgia é realizada, podem surgir alguns hematomas e edemas. No entanto, eles costumam melhorar no decorrer dos dias. 

Alguns dos principais cuidados necessidades para quem passar por uma cirurgia de pálpebras são: 

  • Aplicação de compressas frias na região com o objetivo de reduzir o inchaço;
  • Repouso de pelo menos uma semana;
  • Uso diário de óculos escuro por pelo menos 30 dias;
  • Não utilizar lente de contato pelo menos nas duas primeiras semanas;
  • Limpeza dos olhos com água e sabonete neutro;
  • Não se expor ao sol por pelo menos dois meses;
  • Não realizar atividades físicas por pelo menos um mês.

As recomendações citadas acima são apenas algumas que os médicos costumam fazer para pacientes de blefaroplastia. Portanto, no caso de realizar a cirurgia, siga todos os cuidados que o seu médico indicar. 

Riscos da blefaroplastia

Sim, a blefaroplastia tem os seus riscos, assim como qualquer outro tipo de cirurgia. Alguns dos principais riscos do procedimento cirúrgico são: 

  • Ectrópio: quando o paciente fica com a pálpebra inferior virada para fora, a situação é chamada de ectrópio. Embora a possibilidade disso acontecer seja algo assustador, é importante compreender que a situação costuma ser transitória, melhorando depois da recuperação. 
  • Cicatrizes: é raro, mas a blefaroplastia pode provocar cicatrizes indesejáveis. Por esse motivo, é muito importante que os pacientes sigam todas as recomendações do médico, especialmente evitar a exposição ao sol. 
  • Lagoftalmo: essa condição nada mais é do que a impossibilidade do paciente fechar os seus olhos. Normalmente, é uma situação passageira, que também melhora depois da recuperação. 

Cirurgia de blefaroplastia com especialista 

Você já sabe qual é o preço de blefaroplastia em 2022, como a cirurgia funciona e outras informações importantes sobre ela. Mas, e agora? Como realizar esse procedimento cirúrgico de forma segura? 

Como você pôde ver no tópico anterior, a cirurgia de blefaroplastia assim como qualquer outro procedimento cirúrgico tem os seus riscos. Portanto, é fundamental que certifique-se de escolher um médico oftalmologista especialista em cirurgia plástica. 

Escolher um médico reconhecido no mercado e que seja confiável possa custar mais caro, mas estamos falando sobre uma cirurgia nos seus olhos. Então, vale a pena fazer esse investimento. 

A COI é uma Clínica Oftalmológica no Rio de Janeiro, que conta com uma equipe formada por profissionais capacitados. Na clínica, você terá o melhor atendimento possível desde o agendamento da sua consulta, até as orientações para o seu pós-operatório. 

Quer saber mais sobre a cirurgia de blefaroplastia? Clique aqui e agende a sua consulta

 

Dr. Ricardo Filippo

Dr. Ricardo Filippo

Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área, clique aqui.

Comentários