O que significa bolha de água dentro do olho?

olho azul

Embora, na maioria das vezes, não seja algo grave, a aparição de bolha de água dentro do olho é algo que costuma gerar muita preocupação

Pode ser que você nunca tenha ouvido falar em quemose, porém ela é responsável pelo surgimento de bolha de água dentro do olho. Mas, afinal, por que isso pode acontecer? 

A quemose ocular, ou quemose no olho, é um inchaço que ocorre na conjuntiva — tecido que envolve o interior da pálpebra e a parte superior do olho. Essa condição ocorre devido ao acúmulo de líquidos na região, fazendo com que surja uma bolha no olho — geralmente transparente. 

Quando isso acontece, alguns outros sintomas também surgem, como: coceira, lacrimejamento, visão embaçada e, em algumas situações, dificuldade de fechar os olhos. 

Embora a bolha no olho possa assustar os pacientes, geralmente, não se trata de uma situação grave. Porém, é muito importante entender por que pode surgir bolha de água dentro do olho, quais são seus sintomas e possíveis tratamentos. Continue a leitura e descubra! 

Principais causas

Na maioria das vezes, o inchaço no olho ocorre devido a alergias. No entanto, também pode ocorrer por causa de infecções por bactérias ou vírus. 

Além disso, também pode acontecer depois da cirurgia de blefaroplastia, cujo objetivo é remover a pele em excesso da pálpebra. 

A grande questão é que não importa se é uma bolha na linha da água do olho, uma bolha no olho na parte de baixo ou na parte branca do olho, sempre é fundamental procurar por um oftalmologista para receber um diagnóstico adequado.  

O que pode ser uma bolinha na linha d’água? 

Além da quemose, também existem outras causas para o surgimento de bolha de água dentro do olho. Entenda a seguir quais são elas. 

1. Cisto de Moll

Outra condição que pode gerar muita preocupação nos pacientes é o Cisto de Moll, também conhecido como hidrocistoma. Esse cisto é conhecido por gerar um caroço com um aspecto transparente, já que contém líquido transparente dentro dele. 

A formação do cisto ocorre por causa da obstrução das glândulas sudoríparas de Moll — daí vem o nome para a condição. 

Ao perceber que tem esse cisto, é importante que o paciente procure quanto antes um médico oftalmologista. Neste caso, o caroço pode ser removido com cirurgia. O procedimento é feito com anestesia local e costuma durar cerca de 20 a 30 minutos. 

2. Terçol

O terçol é uma condição ocular mais conhecida, que nada mais é do que um caroço que surge na pálpebra. Isso acontece devido a uma inflamação — que geralmente ocorre por causa de bactérias.

Esse caroço parece com uma espinha, e costuma gerar sintomas como vermelhidão e dor na pálpebra. Além disso, também pode provocar lacrimejamento no olho. 

Caso desconfie que está com terçol, você pode tratá-lo com compressas de água morna. Faça isso durante 2 ou 3 minutos, 3 vezes durante o dia. Também é importante que evite utilizar maquiagem ou fazer o uso de lentes de contato. Assim, você evita obstruir a drenagem das glândulas das pálpebras. 

3. Cisto dermoide

O cisto dermoide é uma condição que atinge crianças, sendo um tipo de cisto benigno, que causa um caroço na pálpebra. Esse cisto surge na gravidez, quando o bebê ainda está se desenvolvendo. 

Neste caso, o caroço não é composto somente por fluidos, mas também pode conter cabelo, pele e até mesmo glândulas. 

O cisto dermoide pode ser removido com cirurgia. No entanto, a criança também pode ter uma vida normal se não remover o caroço. 

4. Calázio

O calázio trata-se de uma inflamação que ocorre nas glândulas de Meibômio. Essas glândulas ficam próximas à raiz dos cílios e produzem uma secreção gordurosa. 

Quando a inflamação ocorre, ela provoca a obstrução da abertura das glândulas. Assim, ocorre o surgimento de cistos, que podem aumentar de tamanho com o passar do tempo. 

Conforme o caroço aumenta, a dor pode diminuir. Porém, essa condição pode provocar pressão no globo ocular, o que pode gerar lacrimejamento no olho, bem como prejudicar a visão. 

Após falar com um médico, pode ser que ele indique que o paciente faça a cirurgia de calázio. O procedimento é rápido e tem como objetivo fazer uma incisão no cisto para que o seu conteúdo seja drenado. 

Tratamentos

O tratamento para bolha de água dentro do olho depende muito do diagnóstico feito por um oftalmologista. Inclusive, no caso de quemose, o tratamento também deve ser realizado de acordo com a orientação de um médico. 

Em alguns casos, o oftalmologista pode indicar um tratamento caseiro para quemose, como a aplicação de compressas frias na região. Isso é recomendado com o objetivo de reduzir o inchaço. 

No entanto, o médico também pode receitar medicações, como: 

  • Antialérgicos — como loratadina ou fexofenadina: esse tipo de remédio é indicado quando a quemose ocorre devido a alguma alergia. 
  • Antibióticos — em colírios ou pomadas para olhos: quando a condição ocorre devido à infecção bacteriana, é indicado o uso de antibióticos. 

Além dos medicamentos citados acima, o oftalmologista também pode recomendar o uso de outros colírios.

Para ter uma recuperação rápida, é muito importante que o paciente siga todas as orientações de um profissional. Incluindo desde compressas frias, até o uso correto de medicamentos. 

O que fazer quando tem uma bolha dentro do olho? 

Se você notar que está com uma bolha no olho, na pálpebra, ou na parte branca do olho, a primeira coisa que deve fazer é manter a calma. 

Embora a situação pareça assustadora, é importante entender que, normalmente, isso não representa nenhuma gravidade. 

No caso de terçol, por exemplo, você pode tratá-lo com a aplicação de compressas mornas. Entretanto, a melhor opção sempre será procurar um especialista para que ele avalie a sua situação. 

Quando procurar um médico 

Assim que notar que está com a bolha de água dentro do olho, é importante procurar um médico oftalmologista. Afinal de contas, somente um especialista será capaz de realmente te dar um diagnóstico preciso. 

Além disso, um oftalmologista saberá indicar o melhor tratamento de acordo com a sua necessidade. Tenha em mente que alguns tipos de caroços nos olhos podem ser removidos com cirurgia. 

Portanto, se você observou que está com uma bolha de água dentro do olho, procure quanto antes um médico confiável. 

A COI é uma clínica oftalmológica no Rio de Janeiro que se preocupa em oferecer os melhores serviços oftalmológicos com o objetivo de manter a saúde dos olhos da população.  

Quer saber como nossos especialistas podem te ajudar? Clique aqui e agende a sua consulta! Será um prazer ajudar a manter seus olhos saudáveis! 

Dr. Ricardo Filippo

Dr. Ricardo Filippo

CRM: 5281096-7 | RQE: 17512. Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Veja informações sobre sua experiência na área.
Mulher sorrindo usando o computador de óculos

O que é a falsa miopia?

A falsa miopia é um problema ocular que afeta de forma temporária a capacidade da pessoa enxergar objetos distantes. Veja quais os sintomas dessa condição

Imagem de um teste de diabetes sendo realizado na mão

Como a diabetes pode afetar a visão?

A diabetes afeta a visão quando o nível de glicose do sangue está alto, provocando alterações oculares que podem causar o desenvolvimento de doenças como

Comentários