Quanto custa uma cirurgia de estrabismo no RJ?

Homem procura quanto custa cirurgia de estrabismo para corrigir o problema

Se você tem dúvidas sobre quanto custa uma cirurgia de estrabismo, entenda como funciona o procedimento e qual é o seu custo. 

O estrabismo, que também é conhecido como “olhos cruzados”, acontece quando os dois olhos não conseguem obter o alinhamento necessário para focar em um objeto. 

Quando isso acontece, geralmente, um olho é capaz de olhar diretamente para o objetivo, enquanto o outro foca em uma direção diferente. 

Pessoas em todo o mundo são afetadas por essa condição ocular e, por esse motivo, é comum que questionem-se sobre quanto custa uma cirurgia de estrabismo ou tratamento de estrabismo.

Inclusive, os casos de estrabismo aumentaram na pandemia, já que adultos e crianças estão passando cada vez mais tempo em frente a telas, que podem provocar diferentes tipos de problemas na visão. 

Se você quer saber mais sobre a cirurgia de estrabismo e quanto ela custa nos dias atuais, continue a leitura! 

O que é e como é feita a cirurgia de estrabismo 

O principal objetivo da cirurgia de estrabismo é fazer a correção do desalinhamento dos olhos. Normalmente, o procedimento melhora a visão periférica e a aparência estética dos olhos. Além disso, pode aumentar a percepção de profundidade. 

A cirurgia é realizada em pessoas com diferentes idades, sendo eficaz em 80% a 90% das vezes. 

Alguns pacientes, dependendo do tipo de estrabismo e da sua idade, podem precisar de vários procedimentos para conseguir melhores resultados. 

Portanto, somente um oftalmologista poderá dizer qual é o tipo de estrabismo que a pessoa tem — e qual é o seu nível — e qual procedimento é mais adequado para a sua necessidade. 

Como é feito o procedimento cirúrgico?

O seu médico oftalmologista operará os músculos do olho com o objetivo de endireitá-lo. As partes internas do olho, inclusive as que são responsáveis pela visão, não serão operadas. 

A cirurgia de estrabismo é realizada durante o dia e costuma durar de 30 minutos a 2 horas, dependendo do tipo de técnica que será utilizada. 

Geralmente, os pacientes são colocados sob anestesia geral antes da cirurgia. Porém, em certos casos, os adultos podem ser tratados apenas com anestesia local. 

Durante a cirurgia, o cirurgião limpará ao redor do olho do paciente. As pálpebras ficarão gentilmente abertas, com o auxílio de um grampo. O médico fará uma incisão na conjuntiva (superfície externa do olho) para expor o músculo — ou os músculos — do olho para que ele possa ser operado. 

Dependendo da necessidade do paciente, o médico poderá apertar ou afrouxar um ou mais músculos do olho. Afrouxar o músculo quer dizer que o médico irá separar cuidadosamente do olho e costurá-lo mais para trás no globo ocular. 

Já o “apertar”, quer dizer que ele vai cortar um pequeno pedaço do músculo antes de costurá-lo de volta a sua posição original. 

Quem deve fazer a cirurgia de estrabismo

Pode ser que, neste momento, você esteja fazendo o seguinte questionamento: qual a melhor idade para fazer a cirurgia de estrabismo? 

O procedimento cirúrgico pode ser realizado em bebês — a partir do quarto mês de vida —, bem como em adultos, inclusive, idosos. É importante deixar claro que o estrabismo infantil requer atenção

O ideal é fazer a cirurgia o quanto antes. Isso porque à medida que envelhecemos, o cérebro começa a se adaptar à visão binocular —  quando ambos os olhos são usados em conjunto.

Quanto mais avançada for a idade, maior será o tempo para se acostumar com a correção nos olhos. Portanto, se você tem um filho que tem estrabismo, é muito importante que leve-o até um oftalmologista o quanto antes. 

Vale destacar que, dependendo do seu caso, a cirurgia de estrabismo pode ser variada e complexa. Isso significa que somente um oftalmologista poderá indicar o melhor procedimento para você ou seu filho. 

Riscos da cirurgia

Assim como em qualquer outro tipo de procedimento cirúrgico, a cirurgia de estrabismo oferece certos riscos ao paciente. 

Mas, afinal de contas, será que a cirurgia de estrabismo é perigosa? Quais são os reais riscos desse procedimento cirúrgico? 

Depois de realizar a cirurgia de estrabismo, seus olhos podem ficar vermelhos e um pouco doloridos. Você provavelmente verá sangue, normalmente em direção ao canto interno ou externo do olho. Isso é normal. 

Qualquer vermelhidão nos olhos deve sumir dentro de duas a três semanas. Também pode ser que você sinta que tem algo em seu olho, mas essa sensação deve diminuir no decorrer dos dias. 

Os resultados permanentes da cirurgia de estrabismo podem ser observados em até quatro a seis semanas depois do procedimento. 

Em alguns casos, é necessário que o paciente utilize lentes especiais, que são colocadas no óculos, para ajudar a ajustar a maneira como os dois olhos trabalham juntos. 

Esse tipo de cirurgia geralmente é muito segura. Porém, em casos raros, podem ocorrer complicações, como:

  • Reações alérgica: pode ser que você tenha alergia a anestesia e materiais utilizados durante a cirurgia;
  • Alinhamento incorreto do olho: embora essa complicação possa acontecer, ela pode ser corrigida com outra cirurgia; 
  • Visão dupla persistente: em cerca de 2% dos pacientes a visão dupla pode permanecer, sendo necessário aplicar outro tratamento de estrabismo para corrigi-la;
  • Perda da visão: essa complicação é muito rara e costuma atingir apenas 1 em cada 20 ou 30 mil pacientes. 

 

Como é a recuperação da cirurgia

​​A maioria das pessoas poderá ir para casa algumas horas após a cirurgia. Se suturas ajustáveis ​​tiverem sido usadas, você precisará esperar algumas horas até que o ajuste seja concluído. 

Um adulto responsável será obrigado a levá-lo para casa e alguém precisará ficar com você por pelo menos um dia. Quando estiver em casa, você pode voltar a comer e beber assim que estiver pronto.

Nos dias seguintes à cirurgia, você pode sentir algum desconforto. Náuseas e vômitos podem ocorrer após a cirurgia. Você pode receber medicação anti-náusea antes da cirurgia para ajudar a controlar esse problema. 

Suas pálpebras podem ser difíceis de abrir nas primeiras horas e seus olhos podem ficar doloridos ou irritados por 24 horas ou mais. 

Eles podem estar injetados, aquosos e/ou com crostas com uma quantidade muito pequena de sangue no líquido lacrimal no primeiro dia. Uma dor de cabeça não é incomum e deve passar dentro de alguns dias.

Você receberá medicamentos para ajudá-lo a se recuperar da cirurgia. Estes podem incluir analgésicos, colírios antibióticos para reduzir o risco de infecção e colírios para ajudar na recuperação. 

Como tornar sua recuperação melhor

Aqui estão algumas dicas que podem te ajudar a ter uma melhor recuperação. 

  • Siga cuidadosamente as instruções de cuidados do seu oftalmologista, incluindo quaisquer medicamentos;
  • Descanse em casa até se sentir melhor. A maioria das pessoas perde de 3 a 10 dias de trabalho ou escola, dependendo de como se sentem;
  • Não esfregue o olho;
  • Evite entrar água nos olhos ao tomar banho, lavar o cabelo ou tomar banho;
  • Não faça nenhum trabalho ou atividade pesada;
  • Não nade. Seu oftalmologista lhe dirá quando você pode retomar a natação e outras atividades aquáticas;
  • Não hesite em falar com seu oftalmologista sobre qualquer dúvida que tenha.  

Qual é o valor da cirurgia de estrabismo?

Quando o assunto é quanto custa uma cirurgia de estrabismo, a realidade é que o custo pode variar muito de acordo com alguns fatores, como: tipo de procedimento que é realizado, complexidade do caso, cirurgião, localização e assim por diante. 

No entanto, é importante que você saiba que a média de valor pode variar de R$2.500 a R$10.000. 

Além disso, o Rol de Procedimento e Eventos em Saúde da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) garante a cobertura do procedimento cirúrgico pelo plano, quando o oftalmologista indica a cirurgia como tratamento de saúde. 

Mas, será que é possível realizar a cirurgia de estrabismo pelo SUS? 

Sim, é possível! A única questão é que você precisará ficar na fila de espera para fazer o procedimento. 

Para que possa fazer a cirurgia, você precisará passar com um médico do SUS para que ele avalie o seu problema e, somente se ele achar necessário, poderá solicitar o procedimento cirúrgico. 

Feito isso, você ficará na lista de espera para fazer a cirurgia, que é realizada em hospitais públicos ou parceiros do SUS. É muito importante que tenha paciência, já que, infelizmente, muitas vezes essa fila de espera é demorada. 

Faça sua cirurgia de estrabismo no Rio de Janeiro

Agora que você já sabe quanto custa uma cirurgia para correção de estrabismo, é muito importante que procure por um oftalmologista para tirar todas as dúvidas que ainda tenha sobre o procedimento. 

E, claro, se ainda não passou em um oftalmologista e não tem certeza de que precisa da cirurgia de estrabismo, é importante que faça isso o quanto antes para saber se pode ou não realizar o procedimento para correção da condição. 

É muito importante que o médico forneça informações detalhadas sobre a cirurgia e responda às suas perguntas para te ajudar a tomar uma decisão. 

Se você mora no Rio de Janeiro e está em busca de um Oftalmologistas em Campo Grande RJ, pode contar com a COI. 

Clique aqui para agendar a sua consulta e falar com um especialista sobre quanto custa uma cirurgia de estrabismo e se ela é ideal para você. 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Ricardo Filippo

Ricardo Filippo

Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área, clique aqui.

Comentários