Ardência nos Olhos: Causas, Sintomas e Tratamento com Especialista

Mulher com maquiagem nos cílios sofre com ardor nos olhos

A sensação de ardência nos olhos pode acontecer devido a diferentes motivos e é importante saber quais são eles e o que fazer ao notar os primeiros sinais do problema. 

Quando alguém está com os olhos ardendo, costuma descrever o que está sentindo como uma sensação de queimação e irritação nos olhos. 

A ardência nos olhos pode ser acompanhado por outros incômodos, como: coceira, lacrimejamento e secreção nos olhos. 

A irritação ou ardência nos olhos podem ser muito desconfortáveis e, às vezes, são um motivo de preocupação. 

Na maioria das vezes, a causa da condição costuma ser fácil de ser identificada e os pacientes podem rapidamente começar o tratamento para acabar com o problema. 

No entanto, existem algumas causas graves que podem exigir um tratamento especializado. 

Por esse motivo, é muito importante compreender o que significa o ardor nos olhos, o que pode provocar esse sintoma e o que fazer ao sentir os primeiros sinais do problema. 

Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto! 

Leia também: Olhos vermelhos podem significar sintoma de doença oftalmológica?

Causas de ardência nos olhos

Existem muitas causas de ardência nos olhos como a exposição a produtos químicos, queimaduras, conjuntivite, alergias, miopia, coceira, rinite alérgica, síndrome do olho seco, dentre muitas outras, a falta de lubrificação dos olhos por ficar exposto a tela por muito tempo.

Ao sentir os olhos ardendo e/ou lacrimejando, pode ser difícil que você consiga se concentrar em outra coisa. Isso porque essa sensação é realmente muito incômoda.

Muitos problemas e doenças oculares tendem a surgir nos dois olhos ao mesmo tempo. Porém, algumas só causam vermelhidão e ardor em um olho de cada vez. 

Por mais que apenas um olho seja afetado, é essencial que você saiba o que está acontecendo para que possa receber um diagnóstico e tratar o problema para ter alívio o quanto antes. 

Aqui está uma lista com algumas das causas mais comuns para sintomas de ardor nos olhos. 

1. Ter algum objeto estranho no olho

Se algum objetivo estranho cair em seu olho, como areia ou poeira, você pode ter a sensação de que seu olho está sendo arranhado. 

Quando isso acontece, é normal sentir os seguintes sintomas: 

  • Ardência;
  • Vermelhidão;
  • Sensação de algo estar “rasgando” o olho;
  • Vontade de piscar excessivamente;
  • Lacrimação;
  • Sensação de desconforto. 

Geralmente, objetos estranhos costumam cair nos olhos ao limparmos a casa ou quando estamos ao ar livre.

Se isso acontecer, você pode enxaguar os olhos com solução salina. Também é importante que mantenha a calma, evite o máximo possível esfregar ou coçar os olhos e lave as mãos antes de tocá-los. 

Caso seja algum objeto maior, como um pedaço de vidro ou madeira, por exemplo, procure imediatamente a ajuda de um médico. 

2. Exposição a produtos químicos

Quando nossos olhos são expostos a produtos químicos, também podemos sentir a sensação de ardor e lacrimejamento. 

Esse tipo de lesão ocular pode ocorrer em diferentes situações, seja no trabalho — principalmente em indústrias onde produtos químicos são utilizados — ou em casa, devido ao uso de produtos para tarefas domésticas. 

A lesão que ocorre quando o olho sofre esse tipo de exposição é dividida em três categorias: 

Queimaduras de álcali

Esse tipo de lesão é a mais perigosa, já que se trata de exposição a produtos químicos que possuem alto teor alcalino e podem provocar danos na parte externa e interna dos olhos.  

Alguns exemplos são: amônia e hidróxidos de potássio. Algumas pessoas não prestam atenção, mas esses tipos de substâncias estão mais próximas do que imaginamos, por exemplo, em produtos de limpeza. 

Queimaduras de ácido

As lesões provocadas por substâncias de ácido não são tão perigosas quanto as de álcalis, mas ainda assim podem provocar danos aos olhos. 

Algumas dessas substâncias químicas são: ácido nítrico e ácido sulfúrico. Elas também podem ser encontradas em produtos para tarefas domésticas e em baterias de automóveis. 

Irritantes

Produtos irritantes possuem um pH neutro e podem irritar os olhos em vez de provocar danos. 

Alguns exemplos comuns são: produtos de limpeza com pH neutro e spray de pimenta. 

Se os seus olhos forem expostos a produtos químicos, a primeira coisa que deve fazer é lavá-los com solução salina — sempre com as mãos limpas. 

Caso não tenha acesso a uma solução salina, você pode lavar os olhos com água fria ou morna. 

3. Conjuntivite 

O ardor nos olhos também pode ser provocado devido a doenças oculares, como a conjuntivite, por exemplo. 

Os sintomas da doença geralmente começam apenas em um olho, mas podem se espalhar para o outro ou atingir ambos os olhos ao mesmo tempo. 

Os sintomas da conjuntivite podem incluir: 

  • Ardência;
  • Sensação de algo estar arranhando os olhos;
  • Dor;
  • Coceira;
  • Lacrimação.

Ao sentir os sintomas acima, é muito importante procurar por um oftalmologista para saber se você realmente está com conjuntivite e, caso esteja, qual é o tipo de condição. Isso porque a conjuntivite pode ser provocada por bactéria, vírus ou alergia nos olhos

De acordo com o tipo da doença, o médico recomendará o tratamento ideal para solucioná-la. 

Como identificar o que provocou a ardência nos olhos? 

Você acabou de conferir algumas das principais causas do ardor nos olhos. No entanto, existem muitos outros motivos para que uma pessoa tenha esse sintoma. 

Algumas pessoas podem sentir ardor nos olhos com lentes de contato. Enquanto que outras podem ter algum tipo de inflamação no olho. 

Para saber o que realmente provocou a ardência nos olhos, é fundamental que você fale com um oftalmologista e faça o exame oftalmológico solicitado, se for necessário. 

Existem casos leves e graves de condições que provocam ardor nos olhos. Por exemplo, pode ser que você tenha uma irritação leve nos olhos devido a poluição, mas ela é frequente. 

Por esse motivo, é fundamental sempre procurar pela opinião médica e, frequentemente, realizar check-up oftalmológico

Ao ter um diagnóstico, você poderá seguir com o tratamento adequado e saber como aliviar ardor nos olhos, bem como outros tipos de sintomas. 

Dependendo da condição que você tiver, o tratamento pode envolver o uso de colírios ou pomadas antibióticas — especialmente no caso de conjuntivite. 

Como evitar ardência nos olhos

O ardor nos olhos é um sintoma que dificilmente conseguimos evitar, já que estamos falando de situações que muitas vezes estão fora de nosso controle. 

No entanto, existem alguns cuidados que você pode tomar para diminuir determinadas condições que vão provocar o sintoma. Algumas delas são: 

  • Ao limpar a casa, ou trabalhar com produtos químicos ou que podem ser lançados aos seus olhos, utilize óculos especiais;
  • Mantenha as mãos sempre limpas. Assim você evita que bactérias e vírus parem nos seus olhos; 
  • Mantenha uma boa higiene ocular e lave os olhos. Isso pode evitar inúmeros problemas nos seus olhos;
  • Procure frequentemente por um oftalmologista para acompanhar como está a saúde dos olhos

Os seus olhos são muito importantes e exigem cuidados especiais. Portanto, é sempre uma ótima ideia entrar em contato com um oftalmologista se houver qualquer incômodo ocular. 

Aqui na COI você conta com uma equipe formada por especialistas capacitados, que te ajudarão a entender como está a sua visão e recomendar o tratamento ideal, caso seja necessário. 

Clique aqui para saber mais sobre a COI e agende a sua consulta ou exame! 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Ricardo Filippo

Ricardo Filippo

Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Durante sua vida acadêmica, participou de dezenas de congressos e simpósios, no Brasil e no exterior, e ministrou diversas aulas sobre Oftalmologia. Para mais informações sobre sua experiência na área, clique aqui.

Comentários